Não podendo mudar tudo do mundo num único instante… poderemos dar pequenos passos rumo a um mundo melhor para todos
Terça-feira, 13 de Maio de 2008

[nota manuscrita já há algum tempo, mas que por falta dele só agora a comunico ao mundo!]

Acabo de entrar num regional que me levará até Coimbra! O cerimonial do costume: carregar no botão, a porta abre, entro... e dou de caras com um bêbado deitado num dos bancos (aliás 3)! Como se não bastasse ainda leva aos pés dos bancos em que dormita dois belos garrafões de 5 litros.

 

(...)

 

Passado uns kms olho para ver a indicação da próxima paragem. No entanto, em vez disso leio: "A CP Comboios de Portugal dá-lhe os parabéns pela escolha de um modo de transporte amigo do ambiente"

 

São estes confrontos civilizacionais que me fazem acreditar num Portugal diferente.

 

1. Livre de vícios. O álcool é sem dúvida uma droga com a qual lido mais de perto no interior do país. Em todas as aldeias e vilas há "o" bêbado, "os" bêbados ou o "casal" ou "coitadinhos é a família toda assim pra'li"

2. Igualitário. A cada ano que passa vejo crescer cada vez mais o fosso entre ricos e pobres. Entre os "srs dótores" e os "desgraçados". Um fosso que me faz lembrar outras latitudes.

 

Dá que pensar. Viver aqui... e pensar daqui com toda esta neblina que nos cega e quando isso não acontesse nos turva a vista; outras vezes cerramos com tanta força os olhos para não (querer) ver; outras vezes, ainda, estamos acordados e pensamos estar no meio de um sonho (digamos) mau.

 

ENFIM! Bons tempos em que o sonho comandava a vida... Em que sonhavamos e pensavamos que viviamos.  

publicado por M.M. às 22:39


Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
14
16
17

18
20
22
23
24

25
26
29
30
31


Go revolution
Join Greenpeace 7 Step Climate Campaign
Em acção
www.greenpeace.pt
mais sobre mim
as minhas fotos
pesquisar
 
as minhas fotos
subscrever feeds