Não podendo mudar tudo do mundo num único instante… poderemos dar pequenos passos rumo a um mundo melhor para todos
Sábado, 27 de Dezembro de 2008

O tempo é de alegria, esperança, de crédito no futuro. Então porque é que nos custa tanto olhar para a morte como regeneração, como recomeço de uma outra vida, de uma certa vida que acaba por se impor sobre aquilo que impomos a nós próprios.

 

"Pela morte vivemos, porque só somos hoje porque morremos para ontem. Pela morte esperamos, porque só poderemos crer em amanhã pela confiança da morte de hoje. Tudo o que temos é a Morte, tudo o que queremos é a Morte, é morte tudo o que desejamos querer." Fernando Pessoa.

 

 

Porque é que a morte tem de ser sempre encarada como meta, final. Ela não é mais do que o renovar do ciclo da vida. O Sol põe-se todos os dias enão ficamos tristes por ele nos abandonar, pois sabemos que nos dia seguinte ele estará a vigiar-nos lá do alto. Então porque é que a morte não há-de ser um momento de crença na regeneração da vida. Até numa floresta completamente cinzenta do fogo é capaz de renascer vida, pois a Mãe Terra tem a capacidade de regeneração que nos falta a nós seres humanos.

 

A vida é um ciclo. A morte é o recomeçar de um novo ciclo de vida.

publicado por M.M. às 16:35


Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
15
16
17
19
20

21
22
23
25
26

28
30
31


Go revolution
Join Greenpeace 7 Step Climate Campaign
Em acção
www.greenpeace.pt
mais sobre mim
as minhas fotos
pesquisar
 
as minhas fotos