Não podendo mudar tudo do mundo num único instante… poderemos dar pequenos passos rumo a um mundo melhor para todos
Segunda-feira, 02 de Fevereiro de 2009

Em relação aos tele-jornais o meu cérebro anda numa fase de semi-adormecimento.

 

Hoje, mais uma vez não foi excepção. Isto até ter ouvido uma das músicas de Abril entoada a plenos pulmões por grevistas da indústria corticeira, que já não recebem o seu salário há vários meses.

 

Velhas músicas entoadas em velhas lutas. Que hoje como à 30 anos atrás fazem sentido ser entoadas em prol de um novo mundo empresarial, no qual operários e patrões trabalham em comum e não para que aos parcos salários sejam ainda mais retiradas as contrapartidas da mais-valia de quem Marx falava e que hoje tal como ontém se mantém actual.

 

 

Não há capitalismo sem exploração, por muito que, quando dá jeito, se queira dourar a pílula.


De qualque modo, a minha apreciação resulta enevoada por uma limitação que trago comigo há muito: não consigo ouvir falar de capitalistas e mais-valia, na mesma frase... sem ficar inundada de trocadilhos parvos prontos a serem produzidos pela ponta dos meus dedos...

publicado por M.M. às 22:13


Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
14

16
18
19
20
21

23
24
25
27
28


Go revolution
Join Greenpeace 7 Step Climate Campaign
Em acção
www.greenpeace.pt
mais sobre mim
as minhas fotos
pesquisar
 
as minhas fotos