Não podendo mudar tudo do mundo num único instante… poderemos dar pequenos passos rumo a um mundo melhor para todos
Sábado, 07 de Fevereiro de 2009

[É certo que este post deveria ter sido escrito há uns dias atrás, mas impedimentos temporais não nos deixam escrever tudo aquilo que queremos, sempre que queremos!]

 

Ora bem vamos lá tentar situarmo-nos no espaço e já agora no tempo.

 

A petrolífera francesa Total, decidiu contratar uma empresa italiana de trabalho temporário, de nome IREM para a realização de uma obra no valor de 200 milhões de libras. Esta empresa tendo por base a exploração capitalista à escala mundial vai buscar os menos qualificados e aqueles que estão dispostos a fazer muito por pouco, que dentro da velha europa são precisamente os italianos e portugueses.

 

Os factos são:

Uma petrolífera francesa.

Uma empresa de trabalho temporário italiana.

Uma taxa recorde de desemprego na UE.

Globalização da economia.

 

Depois disto vieram os "british´s" para a rua reivindicar trabalho inglês para trabalhadores ingleses. E do alto da sua irrogância ainda dão a cara para dizer - pelo menos o Sr Whitehurst que negou quaisquer motivos «proteccionistas, xenófobos ou racistas».

 

Pois é logo os nossos amigos ingleses que recusam por motivos proteccionistas o alargamento da zona euro ao seu território. Logo os nossos amigos ingleses que não estão dentro do espaço Schegen para evitar a invasão do seu país por outras cores e culturas - diga-se que vivem numa cultura xenófoba e racista.

 

A verdade é que a exploração do homem pelo homem é sempre má, mas é preciso haver um peso e uma medida e ter o descernimento de separar o essencial do acessório.  A exploração é sempre exploração, só por si, cabe aos trabalhadores terem a cabeça no meio dos ombros e não afastarem outros só porque são portugueses ou italianos e "nós" britanicos estamos sem trabalho.

 

Se fossemos a ser rigorosos (isso, acho que nem antes da globalização era possivel) a petrolífera francesa Total deveria apenas ter trabalhadores franceses e já agora não deveria ter postos de exploração de petróleo em território inglês, ainda que em território francês (tanto quanto sei!) não haja petróleo!

publicado por M.M. às 22:32


Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
14

16
18
19
20
21

23
24
25
27
28


Go revolution
Join Greenpeace 7 Step Climate Campaign
Em acção
www.greenpeace.pt
mais sobre mim
as minhas fotos
pesquisar
 
as minhas fotos