Não podendo mudar tudo do mundo num único instante… poderemos dar pequenos passos rumo a um mundo melhor para todos
Quarta-feira, 13 de Janeiro de 2010

A Cultura é algo de tão subjectivo e ao mesmo tempo de compreensão tão pessoal e, por isso, subjectiva que chega a roçar o ridículo que ainda haja quem pense desta forma e quem assim reaja. A Cultura mais do que algo que enche o olho é Cultura e há várias formas de expressar essa cultura, não são só as grandes produções, com nomes sonantes e produções gigantescas que são boas... A Cultura é sempre boa, quando é má para mim pode ser excelente para outra pessoa ou o contrário!

 

Hoje achei este vídeo que retrata bem a pobreza de espírito de quem vai ao Teatro só por ir ou a convite (como era o caso)! Pobreza de espírito essa que, a meu ver, retrata tão bem a pequenez que somos...

 

A Cultura não faz pouca das pessoas, as pessoas é que fazem pouco dela!


Segunda-feira, 11 de Janeiro de 2010

O que estava a fazer quando Salazar morreu?

Eu não existia, mas hoje fiquei a saber o que é que o meu pai fazia!

Estava um sol abrasador e aproveitava com os amigos a sombra de uma mangueira algures no mato de Angola! Eram 3 da tarde e as comunicações de Luanda diziam que a bandeira deveria ser colocada a meia haste, porque Salazar tinha morrido! Sem mais.

 

Era dia 21 de Julho de 1970 o meu pai combatia na Guerra do Ultramar.

publicado por M.M. às 20:12
tags:

Terça-feira, 29 de Dezembro de 2009

É o que dá não ter tido muito tempo para ler nos últimos tempos! Por isso tinha/tenho uma série de artigos para ler acumulados em suporte papel e alguns digitais.

Sociólogo elogia ciência e saúde

Um desses artigos é do jornal i e diz respeito à entrevista que foi feita ao sociólogo António Barreto no início do mês. De entre os novos projectos a concretizar à frente da Fundação de que é presidente e do retraro do país que ficou lá atrás e do pais que há-de vir... Deixo-vos com um pequeno apontamento:

 

Que mais falta [em Portugal]?

Falta literacia. Tínhamos há 30 anos a mesma taxa de analfabetismo que a Inglaterra de 1800. Em matéria de alfabetização havia 150 anos de atraso. Porque é que os portugueses não lêem jornais? A falta de hábito de ler os jornais é muito importante, porque o jornal é a fonte de informação que mais está virada para o raciocínio, o pensamento, a participação. Quem vê televisão está geralmente em posição passiva.

 

Ainda poderão ler a entrevista aqui.

 

Eu assino por baixo.

publicado por M.M. às 22:50
tags:


Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Go revolution
Join Greenpeace 7 Step Climate Campaign
Em acção
www.greenpeace.pt
mais sobre mim
as minhas fotos
pesquisar
 
as minhas fotos