Não podendo mudar tudo do mundo num único instante… poderemos dar pequenos passos rumo a um mundo melhor para todos
Quarta-feira, 13 de Janeiro de 2010

A Cultura é algo de tão subjectivo e ao mesmo tempo de compreensão tão pessoal e, por isso, subjectiva que chega a roçar o ridículo que ainda haja quem pense desta forma e quem assim reaja. A Cultura mais do que algo que enche o olho é Cultura e há várias formas de expressar essa cultura, não são só as grandes produções, com nomes sonantes e produções gigantescas que são boas... A Cultura é sempre boa, quando é má para mim pode ser excelente para outra pessoa ou o contrário!

 

Hoje achei este vídeo que retrata bem a pobreza de espírito de quem vai ao Teatro só por ir ou a convite (como era o caso)! Pobreza de espírito essa que, a meu ver, retrata tão bem a pequenez que somos...

 

A Cultura não faz pouca das pessoas, as pessoas é que fazem pouco dela!


Sexta-feira, 04 de Setembro de 2009

 

Toda a história deste sapo horrivelmente lindo aqui.


Terça-feira, 07 de Julho de 2009

O Expresso é sempre o jornal cá de casa! E como a informação que trás é muito acaba, invariavelmente, por ficar durante toda a semana entre a secretário o sofá ou, às vezes, a mesinha de cabeceira... Hoje foi dia de pegar na Única e o título da reportagem chamou logo a minha atenção: "oops onde deixei o meu filho?"

 

Esta reportagem começou assim: Vivem nas nuvens, são cabeças no ar. Confundem pessoas, perdem a conta ao número de vezes que perdem tudo e mais alguma coisa. Até os filhos.....

 

.... e eu pensei: é super normal esquecermo-nos de N coisas, qualquer pessoa não pode pegar na pedra e atirar.... mas pensei isto até ler o seguinte:

 

«(...) De outra vez, ainda, desfez o carro sem perceber como: "Cantava alegremente em coro com o Milton Nascimento, quando de repente, vindo não sei de onde, me aparece à frente um homem agarrado à cabeça. Só então percebi o estrondo que ouvira hámomentos e não ligara - fora o choque do meu carro com o dele. Parei de cantar. Ninguém ficou ferido, mas os dois carros foram parar à sucata»

 

Ainda me rio agora do caricato da situação, só de a imaginar! Esta leitura valeu-me a gargalhada do dia =) Ok, e agora já concordo que há, de facto, distraídos crónicos....


Quarta-feira, 28 de Janeiro de 2009

«A patria adora conversar sobre professores. A pátria, porém, nunca fala sobre educação. Portugal ainda não arranjou coragem para lidar com este facto: os alunos acabam o secundário sem saber escrever (...) A coisa mais básica - seber escrever - deixou de ser relevante na escola portuguesa. De quem é a culpa? Dos professores? Certo. Do  Ministério? Certo. Mas os principais culpados são os próprios pais. Mães e pais vivem obcecados com o culto decadente da psicologia infantil (...) Não se pode dizer que o "menino" escreve mal porque isso pode afectar a sua auto-estima. Ou seja, o rapazola pode ser burro, desde que seja feliz. O professor não pode marcar trabalhos de casa porque o "menino" deve ter tempo para brincar. Genial: o "menino" pode ser preguiçoso, desde que jogue na consola (...) Neste mundo Peter Pan os erros não existem e as coisas até mudam de nome. O "menino" não escreve mal; o "menino" faz, isso sim, escrita criativa. O "menino" não sabe escrever a palavra "recensão", mas é um Eça em potência.

 

Caro leitor, se quer culpar alguém pelo estado lastimável da educação, então, só tem uma coisa a fazer: olhe-se ao espelho. E, já agora, desmarque a próxima consulta do "menino" no psicólogo.»

 

Henrique Raposo, Expresso


Segunda-feira, 26 de Janeiro de 2009

[thisisblasphemy.gif]

 

Passar uma tarde inteira no Ministério da Agricultura a ser "atendida" por dois engenheiros que percebiam tanto de computadores como eu de programação informática.

 

Valeu-me a complacência da dona Sandra que explicou aos seus superiores hierárquicos, aquilo que lhes estava a dizer desde o início: o documento que têm à vossa frente é o MESMO que estão a tentar  tirar do google earth.

 

Não acreditando nisso, teve de ser a dona Sandra a tirar o mapa do google (poucos minutos, depois dos bons 45 minutos dos "sôres inginheiros") e eu a pedir-lhes para sobreporem as duas folhas e verem se os limites não eram os mesmos...

 

Eis o estado do funcionalismo público português.



Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Go revolution
Join Greenpeace 7 Step Climate Campaign
Em acção
www.greenpeace.pt
mais sobre mim
as minhas fotos
pesquisar
 
as minhas fotos